quinta-feira, 28 de janeiro de 2010

PELÉ, COUTINHO

Quem, como eu, não viu as geniais (quem viu, confirma) tabelinhas entre Pelé e Coutinho teve o indescritível prazer de tomar contato físico com a lenda. Ontem no Maraca, Adriano e Wagner Love resolveram materializar a substância lendária, criando uma das mais espetaculares jogadas a que o Maracanã serviu de palco. O jogo foi um horror, o que devia ser um time, mesmo que em pré-temporada, foi tão-só um bando. Alguns deviam sair algemados do Maraca, presos por prática indevida da profissão (Leonardo Moura, Kléberson). Mas tudo se tornou secundário (espero que menos para o Andrade) depois da magnífica tabelinha, sublime vinheta do Império do Amor. O tempo do Adriano era um-toque, o do Wagner Love dois-toques e lá se foram ambos, tabelando, direto para a história da beleza do futebol. Lenda é o que se torna realidade.

3 comentários:

Rafael Gomes disse...

Foi uma jogada de extrema felicidade ontem, realizada pelos dois maiores amuletos q nós temos para conquistar a América e quem sabe o Mundo!

Te linkei no meu Blog, poderia fazer o mesmo com o meu?
http://opinafutblog.blogspot.com/

Abraço!!

Luís Eduardo disse...

Fala parceiro,
o problema está no meio de campo, desprotegido sem Airton, Willians ou Maldonado. O Fernando ( bom jogador ) não é tão pegador, e Torozinho não segura sozinho, fica difícil.
Com a volta de Willians já melhora, depois com Maldonado é só alegria.

“Nada do Flamengo, tudo pelo Flamengo”
SRN, Luís Eduardo
Blog Saudações Rubro-Negras- http://jlwrubronegros.blogspot.com/
Blog SRN no twitter: http://twitter.com/LuisSRN

CorVo disse...

A Nação Rubro Negra está convidada para participar da Rede Social do Mengão!
FLANAUTAS
http://flanautas.ning.com/
Crie seu perfil e convide a Nação!
SRN!!!