quinta-feira, 6 de agosto de 2009

DEVAGAR COM A LOUÇA

Nao ha´ injustiça em futebol. Que justiça pode haver num jogo se jogo e´? Houvesse algum tipo de justiça o 1º tempo devia terminar 5 a 0 pra eles. Entrar em campo como numa passarela de Glorinha Kalil e´ o que entendo por desmanche do elenco. Aquela meiaduzia que pensa jogar mais do que de fato joga. Todo mundo sabe os nomes. Vou procurar no arquivo do blog ha´ quanto tempo quero ver esse pessoal longe, ou no minimo com outra camisa.

Andrade de novo se equivocou na escalaçao. Denis Marques a 55, o resto do time a 110 e o adversario a 220. Essas coisas ficam claras, clarissimas nos treinos. No Flamengo, nao. E nao foi so´ a constataçao do Denis Marques, mas sobretudo a da voltagem do time. No intervalo Andrade de novo corrigiu. Pet fez o que um meia deve fazer: bola no chao e cabeça erguida - o resto e´ consequencia. O time ter se ligado no 2º tempo significa dizer que estava desligado. Entender e´ perda de tempo. Desmanche ja´!

O que se encaminhava para o epico teve o fim de chanchada. Depois do 2x2 quando o Pet esticou uma bola pro Adriano com apenas 1 zagueiro verde pela frente e o Adriano nao partiu pra decisao, preferindo fazer a volta e tentar o toque pro Pet decidir antevi o final `a Oscarito. Nao que tenha faltado esforço ou atitude ao Imperador, faltou pernas para 90 minutos.

2 comentários:

AF STURT disse...

Há regras ,que fazem o jogo "justo"!
Mengão sempre.

Julio Cesar disse...

Fato Urubu

Mas é aquilo né camarada...empresários, empresários....

SRN abraço