domingo, 15 de fevereiro de 2009

O HORROR! O HORROR!

Perder pro time reserva do Botafogo seria o fim da picada. O problema é que empatar com o time reserva do Botafogo é o fim da picada. Alguns jogadores passearam em campo (Leo Moura), outros erraram tudo que tentaram (Obina), outros ainda foram irritantemente improdutivos (Ibson). O técnico fez o que dele se esperava: organizou o feijãozinho com arroz no 1º tempo para desorganizar tudo no 2º. Vem aí a semifinal. Ser Flamengo não é propriamente ser otimista, mas ser confiante. Confiar no time e, quando não for possível, confiar em São Judas Tadeu.

Um comentário:

Mengão Guerreiro disse...

Vamos torcer para tudo melhorar agora na reta final. Que o Fla seja mais forte como sempre foi em momentos decisivos.
SRN