segunda-feira, 9 de fevereiro de 2009

AO TRABALHO, RAPAZIADA

5 jogos, 5 vitórias. Muito de sorte, um pouco de competência. Cuca já mostrou claramente algumas coisas: acha que Marcelinho Paraíba não corre muito (embora faça o jogo correr), Ibson é intocável (ainda bem existe sua senhoria o árbitro), a superstição como estratégia (a troca de camisa no intervalo). Vou entendendo a vocação do Cuca: desarrumar no 2º tempo o que, com algum cuidado, tentara arrumar no 1º. Tinha notado quando ele estava em General Severiano, mas sem muita atenção porque não me interessa as coisas que rolam por lá. Aqui é diferente. 100% de aproveitamento é estatística e estatística é matemática. Futebol é outra história.

2 comentários:

Fred disse...

Vamos com calma. Ainda q a evolução do time se faça em câmara lenta, já podemos ver no horizonte próximo o esboço de um time de verdade. Leo Moura ainda está passeando, Juan não explodiu, Zé Roberto só começa (e muito bem) a engrenar, Obina ainda não estreiou. Cuca, mesmo q erre, tem de insistir com uma formação base. A coisa vai. Com calma e para frente. Saudações rubro-negras, ainda com hífen.

Mengão Guerreiro disse...

Acho q o cuca ainda não conseguiu fazer o time do Fla se movimentar bem. O time fica estático. Talvez o Jônatas ganhe uma vaga. O Everton sempre entra bem. Acho q o time vai se acertar. Mas o vandinho nem ficar no banco, realmente não dá pra entender.