quinta-feira, 1 de maio de 2008

A NOVA PIRÂMIDE DE KUKULKAN

* A goleada acabou por surpreender os analistas. Perfeito. Analistas analisam, palpiteiros palpitam e a gente comemora. Vida que, às gargalhadas, segue.

* Quem anda jogando menos, o Ibson ou o Kléberson? O Joel, assim que levantasse daquela confortável poltrona e parasse de bufar, bem que podia elucidar pra gente.

* Técnico pra ser elogiado tem q cumprir à risca a receita: escalar mal e no 2º tempo fazer a coisa certa. E todo mundo ao redor: mas q estrategista! seleção! seleção!

* Leo Moura foi grande. Marcinho correu perto. Obina e Tardelli mudam pra melhor, bem melhor, o panorama visto da arquibancada. Fábio Luciano e Angelim, seguros como já nos acostumaram. Os outros, de castigo, dever de casa, puxão de orelha.

* Vamos, Flamengo! Vamos ser campeões, vamos Flamengo!

5 comentários:

edu disse...

Não achei que o Ibson tenha ido tão mal. O Kleberson de fato errou quase todos os passes. E achei o Bruno muito nervoso. Podia ter sido uma goleada histórica. Abraços e saudações rubro negras.

carlos jorge disse...

O Flamengo só devia jogar Libertadores na altitude.

urubu malandro disse...

É histórico: na Cidade do México, lateral direito mete o 4º e golaço!

Fred disse...

Leonardo Moura acabou com o jogo. Foi o armador q o time precisava.

Votei na enquete. Maxi e Diego Tardelli, mas com o Marcinho e o Renato Augusto chegando de trás. E não menos importante: Obina entrando no segundo tempo.

Saudação rubro negra, pessoal.

puro sangue robro negro disse...

Uma vitória maiuscula...

vlw Mengão!!!!!!